This is a print version of story Aos meus 13... by aguentobem from xHamster.com

Aos meus 13...

...tudo começou quando eu tinha 13 anos e esta é a mais pura das verdades não é fetiche desejo ou sonho foi mesmo a minha realidade...eu tinha um amigo da minha escola e da mesma turma,ele era negro.
Eu costumava muito ir para a casa da avó dele que era onde vivia a avó no piso de baixo ele e o irmão mais velho no sotão, irmão esse que, teria uns 23 ou 24 anos de idade. Já tinha reparado nele ,alto,escuro,magro...sempre olhei para homens e pra ele em especial não sei se pela diferença da pele ou a atração pre-matura por homens especialmente negros.
Eu sempre tive complexos com o meu corpo, porque tinha pernas grossas ,rabo grande tipo de rapariga,boa anca... tambem tinha mamocas lol...era de corpo bem efeminado.
Certo dia,um sabado em pleno verão muito calor, ferias, ai plas suas 14h fui chamar o meu amigo pra brincar...e não respondia e ao fim dum bom bocado e já quase a desistir ,o irmão mais velho veio á janela e disse:
-O meu mano não está mas sobe...ele deve chegar entretanto.
Na minha inocência entrei, subi ao sotão...e estava então o irmão mais velho de meias brancas, calções da adidas azuis e tronco nu...ele estava deitado de barriga pra cima na cama dele a ver televisão...eu entrei e sentei no chão a ver tbm ...entretanto ele diz:
-queres jogar damas comigo?...respondi ok...ele foi buscar as coisas trancou a porta e sentou se de frente a mim ao fim de um pouco ele mexe na verga e eu hipnotizei, quando vi ,pla perna dos calções, largos e reparei que ele não tinha cuecas e o vergalhão estava de fora...consigo descrever ...grande ,grosso, cor de chocolate ,com o prepucio a tapar a cabeça meio rijo era quatro ou cinco vezes maior que o meu...não consigo tirar os olhos,ele sorri e mexe nele...diz:
-Gostas?...ao que eu ,já com o meu lado gay a sobresair e inocentemente respondo:
- Sim...ele diz:
-Queres mexer nele?...eu respondo:
-Não posso...e se o teu irmão ou avó chegam...ele diz o seguinte:
-A porta do sotão esta trancada e a minha avó não sobe o escadote e o meu irmão não vem este fim de semana...por isso não tens desculpa ...e riu-se...
Aproximou-se de mim eu estava de calções curtos mas fikavam me apertaditos eu era gordoxito lol...passou mão na minha perna lisinha...apalpou-me as mamocas a barriga...eu tremia na altura eu pensava que era medo mas era pura tesão,descoberta do sexo com homem...alias a minha primeira experiência sexual.
Apalpou-me e agarrou-me a cabeça e beijou-me ,beijou me muito...puxou o vergalhão para fora e disse agarra nele...quando o vi rijo...era grande grosso minha mão não agarrava nele todo...eram 22x7 de carne...eu "brincava" com aquele pau grande,comprido,pesado...meloso quanto mais o masturbava rijo e mais as veias sobresaiam... escorria...entretanto ao fim de um grande bocado a masturba-lo,ele diz:
-Vou me vir!!! Ele agarrou o pau com a mão dele sobre a minha ,apertou e jorrou dois ou tres jatos de semen quente na minha mão e barriga dele...aquele pau gigante na minha mão a pulsar e a escorrer nem murchou...beija-me e diz
-Limpa-o...eu peguei nos calções dele e ia pra limpar e ele diz:
-Que tas a fazer...com a boca e com a lingua...agora!!!...eu disse...
-Boca!??Não quero...ele forçou me a cabeça e ageitou o pau nos meus lábios ,forcou um pouco mas cedi...agarrei a verga e deixei entrar na minha boca ...mal cabia...ele movia a cintura de prazer...parou e disse me...
-Passa lingua e chupa na cabeça do meu pau...precorre-o com a lingua ...limpa-o...e masturba-me...!! Fiz como ele mandou...limpei o pau...eu fiquei aflito do estômago e cheio de vomitos porque o esperma colava-se na garganta...looool
Entretanto e depois de ele me quase obrigar a lamber chupar e masturbar ao fim duns bons 25 minutos a lhe fazer mamada...ele segura-me a cabeça com as duas mãos e forçou o pau no fundo da boca bem na garganta e diz...
-Toma leitinho!!!! Tomaaaa...!!! Eu fiquei enjoado e deitei fora...ele diz...
-Não gostas do leitinho do teu homem? E deu me uma festa na cara...
Ele estava deitado na cama, bateu com a mão na cama e disse :
-Despe e deita aqui... Como não tinha duido ate então e eu ate estava a gostar tirando o leite na garganta... ;) despi e deitei so de cuecas com ele na cama...ele beijava-me e puxou uma perna minha pra cima dele...apalpava meu rabo e dizia:
-Adoro e tão grande tão macio...mexia e tentava meter dedo eu gemia ,contorcia-me, desviava e disse:
-Não quero!!! Mas ele forçava o dedo e eu começava a ter sensações calor ,desejo...meu corpo pedia o dedo...mas tudo me dizia ser errado...dei um geito tipo uma empinadela e ele aproveitou e meteu o dedo no meu rabinho...eu gemi ,tremi...ele mexeu dedo dentro do cuzinho e foi optimo...ele tira o dedo eu gemo ele diz:
-Queres mais??? Eu a gemer aceno a cabeça a dizer...sim. Ele mete o dedo e beija-me...eu ja estava em modo putinha completamente perdido e cheio de tesão no rabinho absorvido plo facto de ter um dedo de um homem dentro de mim e não o meu, porque eu já tinha brincado com o meu rabo antes...lol...eu já fazia tudo sem ele me pedir ele metia o dedo eu metia o pau na boca e masturbava-o , quando olhava para ele beijava-me...ele diz:
-Posso roçar o pau no teu rabinho bom...?...eu abanei a cabeça a dizer que sim...ele puxou-me pla perna que estava por cima das dele e pôs-me por cima dele meteu o pau pra traz por dentro das minhas cuecas e senti o tocar-me ...quente...a cima dos rins...deitou-me no peito dele e abraçou-me com força a me prender...senti o pau me precorrer rego...eu uma vez mais e inocentemente e a lembrar me da sensação que o dedo causou, sem saber destinguir tamanhos e sem saber o que comportava 22x7 cm de pau negro...mexia me tipo puta...eu queria aquele pau eu sentia ele passar no anus eu lembrava o dedo e sentia pulsar...ele nisto diz:
-Quero fazer amor ctg!!! Respondi...:
-O que? ele diz:
-Comer teu rabinho...meter nele...fazer te minha miuda...vais gostar...eu disse :
-Ok...Ele levanta-se da cama despe os calções dele tira-me as cuecas e deita m de barriga para baixo...com uma almofada por baixo da barriga pra ficar empinado...abriu-me as pernas e lambeu me o rabinho precorreu meu reguinho com a lingua e mordia-me e cuspia e metia lingua no meu anus...estava me a lambusar e lubrificar... preparar-me...lol...entretanto deitou-se por cima de mim com o pau bem no meu reguinho rijo ate doia qd ele pressionava contra mim...ele diz...:
-Não aguento mais ,estas preparado para me receberes?...uma vez mais inocente e a pensar nos dedos disse sim ...gemi ,empinei o rabinho e ele apontou no meu anus e forçou um bocadinho senti algo muito grande ,maior que dedos ,quente ,rijo a forçar entrada em mim...sinto uma dor lacinante...grito...quando grito ele tapa me a boca e senti me a alargar a bruta ele meteu ate onde coube ...doia muito mas eu estava preso por baixo dele e completamente subjulgado a ele...homem feito muita mais força deitado por cima de mim segurou-me e disse ...
-So doi um bocadinho depois passa e é bom....xiiiiu espera com ele dentro ...e metia mais fundo em mim tirava um bocadinho e enterrava todo de novo bem lento a alargar-me ele pulsava e sentia o meu limite eu senti me cheio não cabia mais nada esta a romper me e a bater ca em cima...estivemos naquilo e nakela posição uns bons 30 minutos com ele dentro sem tirar fora um segundo que fosse...so tirava a meio e metia fundo...comecei a sentir o verdadeiro prazer de ser femea e ter um pau no ventre...tirou fora do meu rabo e ate fez sucção meu rabo era pequeno para ele...levantou me e deitou se e disse:
-Monta nele baby...puxou-me eu abri a pernoca e sentei na cintura dele ,ele com um braço abraçou me contra ele e com a outra mao apontou o pau no meu rabinho e senti de novo a cabeça me tocar no anus entrar e me alargar, doia muito mas era dor com tesão...relembro foi a minha primeira vez e começei com pau preto com 22x7cm ...não comecei como a maioria na adolescencia com pilinhas de 15 e 16 cm...ele começou então a foder-me a serio...e com outro ritmo...com as mãos na minha cintura cada vez que ele enfiava em mim empurrava me contra o pau sentia o tocar me nas entranhas todas...as tantas para e diz meio aflito...
-Para!!!... e tira o pau de dentro do meu rabo...e diz:
-Quase me vinha...e não me quero vir ja...vou te comer a tarde toda...estas a gostar? ...eu todo rebentado e fraco a tremer-me todo de tesão disse:
-Sim ...muito...ele diz:
-Mete de gatas na beira da cama...meti-me e ele vem e sinto de novo aquele vergalho entrar a me alargar aquela dor boa e duma vez a tocar me bem no fundo...e senti aquilo naquela posição , de gatas uns 25 a 30 minutos ...ele dizia:
-Não cabe todo mas vou te treinar ...vai caber todo...puta ficam 3 dedos dele de fora e bate no fundo...as tantas ele fica com a respiração funda agarra me pla cintura e começa a meter com muita força mas com compasso mais lento...estopadas à bruta...eu gemia ele mandava me calar e metia cada vez com mais força e diz num grunhido alarve....:
-HAAAAAAAAAA puta vou te emprenhar...empurrou-me para frente...deitou-se por cima de mim com ele dentro e nem baixou deu me outra seguida sem tirar fora depois dessa sessão telefonei para casa pedi á minha mãe e passei la a noite a ser a puta dele e dormi com ele e mamei e sentei e levei no rabo quase durante dois dias...foi a minha primeira experiencia sexual e definitiva na escolha da minha sexualidade...depois ainda namoramos as escondidas ate aos meus 17 anos...e havia sexo quase todos dias...fui feliz com o meu dono negro...
Story URL: https://nl.xhamster.com/stories/aos-meus-13-941400
Gelieve of om opmerkingen te plaatsen
Als spammers op je content reageren, ben jij de enige die zulke reacties kan zien en beheren Alle verwijderen
Ès como eu, uma autentica putinha, fiquei com inveja desse cacete preto...
1 maand geleden
Antwoorden
Muito bom 
3 maanden geleden
Antwoorden
Fantastico. Fiquei cheio de tesao. Obrigado por partilhares.
4 maanden geleden
Antwoorden