This is a print version of story Dei para o Pai da minha melhor amiga. by xxxBbzin from xHamster.com

Dei para o Pai da minha melhor amiga.

Olá amores, quero contar pra vocês uma aventura minha.

Tenho uma amiga chamada Fernanda, ela é um ano mais nova que eu e sempre fomos muito unidas.

Os pais dela são divorciados, eu e a Fer tínhamos planejamos uma viagem a praia, e essa viagem seria na casa de praia do pai dela, apesar da gente se conhecer a muito tempo, eu só tinha visto o Pai dela umas 4 ou 5 vezes.
O pai dela é um homem muito lindo, se chama Leonardo, ele já era um homem maduro, de 40 e poucos anos, moreno alto de corpo sarado e bronzeado. O homem é uma delícia, eu nunca tinha ficado com um homem mais velho na época, e ele despertava meu interesse.

Com meus 19 anos recém completados eu estava cheia de tesão e amor para dar hehe.

Chegamos de viagem e nosso destino era SP, o seu Leonardo já estava nos esperando na rodoviária, ele era muito atencioso e educado. Levou a gente para Jantar, estávamos jantando, até que notei que ele não tirava os olhos de mim. Fiquei meio sem graça e um pouco envergonhada na hora.

Mais tarde da noite, na hora de dormir, ele nos acomodou no quarto da Fer, como eu só durmo de calcinha e sutiã perguntei a Fer se avia problemas eu dormir assim, ela me falou que não, que também dormia assim e que seu Pai não entrava no quarto dela sem bater. Nos deitamos para dormir
E mais tarde da noite fiquei com sede, procurei meu roupão e lembrei que avia esquecido ele dentro da mala, para não acordar a Fer decidi ir assim mesmo beber água.
Desci as escadas de calcinha e sutiã e dei de cara com o senhor Leonardo na sala vendo TV. Ele estava a ver TV no volume mudo sem camisa e com uma Bermuda Oxer.

Ele tomou um susto quando me viu, e percebi que rapidamente ele trocou de canal, antes de eu ver o que passava, eu fiquei muito sem graça.

– E falei: Desculpe seu Leonardo, eu não sabia que o senhor tava aí, eu ando assim em casa e não imaginei que teria alguém aqui essas horas.

– Ele falou: Tudo bem, minha querida, a casa é sua, pode ficar a vontade, e é um colírio para os meus olhos ver uma gata como você assim.

Eu fiquei envergonhada com o elogio, como eu já tava ali, pedi licença e fui até a geladeira e peguei uma garrafa de água e me servi, quando eu estava a tomar água, por ela ser grudada com a sala, eu tinha visão do Leonardo sentado no sofá, fiquei apreciando o belo corpo dele com a luz da TV a iluminá-lo, de repente a TV deu um clarão mais forte de imagem e percebi que ele estava somente de bermuda e de pau duro, também notei um rolo de papel higiênico ao lado dele. Foi ai que eu saquei, o safado estava a ver porno e a se masturbar.

Fiquei a observar ele discretamente enquanto eu tomava água lentamente, ele era muito gostoso, braços forte peitoral definido e barriga chapada, fiquei com tesão ao observar ele.

Ele se virou para mim.

– E falou: Tá sem sono Cá ?

– Eu falei: Um pouco aqui é bem quente né ?

Começamos a conversar, e eu me aproximei mais do sofá para apreciar ele melhor, NOSSA ! Ele não era um homem e sim um monumento '' Ele era gostoso pra caralho '' Uau ! E aquele volume grande na bermuda era de dar água na boca. Perguntei qual filme ele estava a ver ele não soube me responder, foi ai que confirmei, o safado realmente estava a ver porno e a se masturbar.
Ele coria os olhos pelo meu corpo, olhava meus seios e depois descia em direção a minha calcinha, olhando diretamente para minha bucetinha.

Ele não se aguentou.

– E falou: Nossa me desculpa falar, você tem idade para ser minha filha mas é um mulherão já, se é muito gostosa.

– Eu falei: Ainda bem que não sou sua filha, né ? …

Ele sacou que eu era putinha, como um a****l no cio ele me puxou pela cintura e começou a beijar minha boca, ele coria as mãos pelo meu corpo, alisava e apertava minha bunda, e roçava o pau em mim, me deixando toda arrepiada e cheia de tesão.

Ele queria me foder ali mesmo. Eu também fiquei com muita vontade de trepar com ele ali mesmo, mas bateu um medo tremendo da Fer acordar.

– E falei: Para ! Para ! é ariscado, e se a Fer acordar ?

Ele então parou.

Pediu para eu arrumar uma desculpa com a Fer no outro dia e passar a tarde com ele.
Eu disse que a gente avia marcado de sair com umas amigas da Fer, e que eu arrumaria uma desculpa para passar a tarde com ele, ele aceitou, me deu o ultimo beijo e eu voltei a dormir.

No dia seguinte já acordei com um tesão tremendo, com minha bucetinha toda molhada pronta para levar pau. Fingi estar passando meio mal, a Fer ficou preocupada e queria ficar em casa comigo, dei uma desculpa que seria um mal estar passageiro e que eu ficaria bem logo, e talvez mais tarde me juntaria a ela. Ela insistia em ficar comigo, mais de tanto eu insistir para ela ir sem mim ela acabou aceitando.

A Fer foi tomar banho e se arrumar para sair, logo depois dela entrar no banheiro o Leonardo entrou no quarto e me falou que iria levar a Fer e já voltava para cuidar de mim. Fiquei ainda mais exitada.
Assim que eles sairão, me levantei e tomei um banho rápido, me perfumei e vesti um sutiã e uma calcinha preta de renda, e fiquei esperando o Leonardo voltar.

Depois de um tempo ouvi que ele chegou, continuei deitada no quarto da Fer esperando por ele, ele não subiu de imediato tomou um banho e subiu todo cheiroso enrolado na toalha de banho.

Ele entrou no quarto dela e me chamou para ir ao dele.
O quarto ele era um luxo, cama enorme colchão macio e lençol de seda, o ambiente do quarto estava bem geladinho.
Fiquei meio envergonhada, e esperei ele tomar a iniciativa.

– Ele então falou: A Fer me pediu para eu cuidar bem de você !
'' Ele deu um sorriso safado e tirou a toalha ''
– E falou: Eu sei bem os cuidados que uma putinha como você merece.

Como um a****l ele me puxou pela cintura, me deu um beijou gostoso e quente, enquanto apertava minha bunda. Ele arrancou meu sutiã e chupou gostosos meu peitos, logo depois tirou minha calcinha me deixando peladinha, me jogou na cama, ficou de joelhos e começou a me chupar, e como ele chupava bem ! Eu enlouquecia. Cada chupada que ele me dava, eu me contorcia, me revirava inteira, eu tava no paraíso.

Eu já estava com a buceta encharcada de tesão. Ele me mandou ficar de quatro bem empinadinha e começou a chupar meu cuzinho, abriu as bandinhas com as mãos e deu um banho de língua no meu cu. Ele mordia minha bunda e apertava, me deixou com rabo todo vermelho.

Eu rebolava, louca de tesão, ele sabia fazer gostoso, depois de me chupar inteira ele levantou. E disse que ia comer meu cuzinho gostoso. Eu tremi na base e fiz uma súplica.

– Eu falei: Por favor, no cuzinho não, eu já tentei e não aguento, vai doer e eu tenho medo.
Ele deu uma leve risada.
– E disse: Isso é falta de costume ou não souberam fazer, vou comer com carinho, você vai gostar de levar pica no cuzinho, é só relaxar gata.

Mas quem disse que eu conseguia relaxar ? Ele percebeu que eu estava bem tensa.
– E falou: Relaxa gata !

E começou a me lamber de novo abriu as bandinhas com as mãos, deu uma cuspidinha, e deixou meu buraquinho bem molhado. O jeito que ele me lambia era delicioso me tremi toda e relaxei mais.

Pediu para eu empinar bem a bunda e tentou botar a cabecinha no meu cuzinho, mas não entrava, ele foi até a gaveta e pegou um lubrificante, e lambuzou meu cuzinho inteiro, e tentou novamente, senti que aquele lubrificante deixar meu rabinho todo escorregadio. Ele me pediu para eu abrir a bunda para ele, como eu queria levar pau não importava a onde, coloquei as mãos para trás, para abrir minha bundinha e ajudar ele a me penetrar, senti seu pau grosso entrar aos poucos e ir alargando meu cuzinho. Na hora doeu demais, gemi e pedi para ele parar, mas ele já estava decidido a foder meu cu, então fui abrindo cada vez mais minha bunda para facilitar a passagem.
Logo o pau dele estava todo dentro, ele começou a foder devagar levou a mãe na minha bucetinha e começou a brincar com ela. Isso me deu um tesão tremendo.
Comecei a sentir muito tesão, meu cu tava todo ardido, doía um pouco mas era uma dor bem gostosinha e a essa altura eu não queria mais parar. Ele puxava meu cabelo e me dava palmadas na bunda e me xingava e mais louca eu ficava. Com isso ele começou a aumentar o ritmo, começou a meter com força no meu cuzinho, depois de um tempo nesse ritmo intenso ele não se aguentou e tomei uma gozada lá dentro, ele encheu meu cu de porra.

– E disse: Com um cuzinho apertadinho desse, não tem como não gozar rápido.
– Deixei seu cuzinho todo arrombado, minha putinha, mas ainda tem mais.

Eu tremi com essa frase, ele se aproximou e me deu um beijo na boca.

Me deitou na cama, ficou de joelho e começou a chupar deliciosamente minha bucetinha, eu já estava com um tesão tremendo e cada chupada que ele me dava, eu me contorcia, gemia alto e me revirava inteira, depois de um tempo eu acabei tendo um orgasmo delicioso.

Ele já estava pronto para mais, se levantou.

– E disse: Me chupa ! Com muita vontade, quero sentir essa boquinha engolindo meu pau todo.

Comecei lambendo a cabecinha, o saco, depois soquei tudo na boca olhando nos olhos dele com a maior cara de safada. Notei que ele ficava com mais tesão quando eu fazia isso. Eu chupava ele sem parar, deixei o pau dele todo babado.

Eu queria mais.

– Então falei: Me fode, tô doida pra sentir seu pau na minha buceta !

– Ele falou: Então deita na cama e abre bem as pernas sua safada, que eu vou meter tudinho !

Eu me abri toda, e comecei a tocar minha bucetinha '' se masturbar '' Ele subiu em cima de mim e começou a meter, ele metia como um a****l, parecia que ele ia me rasgar, eu gritava de prazer e gemia alto.

'' Aiii, não para, me fode vai ! Isso me fode gostoso caralho ''

Ele mamava meus peitinhos, e chupava meu pescoço, muito excitada eu gemia muito mais muito mesmo, ele colocava a mão na minha boca isso me excitava ainda mais, eu mordia a minha mão, tentando controlar os gemidos, mas não adiantava, ele socava gostoso de mais, com meu gemidos de prazer ele começou a urrar de tesão, e nesse vai e vem gostoso, eu acabei tendo um outro orgasmo e gozando muito, fiquei toda molinha com as pernas bambas, ele continuou metendo por um tempo não demorou e ele gozou também.

Uau ! que foda deliciosa ! Esse homem me deixou enlouquecida.

A gente ficou deitado na cama como dois namoradinhos, tomamos banho juntinhos e fomos ver TV, Já estava perto da Fer chegar, ela podia chegar a qualquer momento.
Ela chegou preocupada comigo e me perguntou se eu estava melhor, o Leonardo me olhou com cara de safado e sorriu eu falei que já estava melhor.

A Fer até hoje nem sonha com isso, para ela, o Pai dela é como um segundo Pai para mim, mas mal sabe minha amiga que eu adoro é ser a putinha dele.

FIM !
Gepubliceerd door xxxBbzin
1 maand geleden
2.228
Story URL: https://nl.xhamster.com/stories/dei-para-o-pai-da-minha-melhor-amiga-938591
Gelieve of om opmerkingen te plaatsen
Als spammers op je content reageren, ben jij de enige die zulke reacties kan zien en beheren Alle verwijderen
aan Erosnegro: Obrigada ! Beijos ! ;)
Muito bom, bem sensual.
25 dagen geleden
Antwoorden
aan Hannah_Juana: Fico feliz em saber que gostou ❤ Beijos ! ;)
Adorei ❤
26 dagen geleden
Antwoorden
aan mdelightfulwolf: Pra você ver haha... A vontade de ceder antes era grande , mais o medo era maior rsrs. Fico feliz em saber que você gostou, vou postar mais em breve ;) Beijinhos ! 
Caralho!... Precisou sair do Sul para finalmente ceder o... hehe... gracinhas a parte, muito empolgante essa aventura. A cada leitura só aumenta a fome de te devorar. Continua postando... Abraço
1 maand geleden
Antwoorden